Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquisar este blog

#soumariano - Frederico Borromeu


FREDERICO era primo de São Carlos Borromeu e como ele era cardeal o sucedeu como arcebispo de Milão em 1595. Continuou fielmente a administração enérgica e simpática da diocese tornando-se amado por todos.
Entre as homenagens feitas à sua memória estão os elogios feitos por Manzoni em seu romance OS NOIVOS.
Frederico Borromeu é digno de ser lembrado também como generoso patrono dos estudos clássicos e orientais. Foi o fundador da Biblioteca Ambrosiana em 1609 e de muitas outras instituições culturais em Milão. A Ambrosiana foi das primeiras bibliotecas realmente com acesso público na Europa. Era um colégio de escritores, um seminário de sábios e uma escola de belas artes.Ele morreu em 1631 e foi enterrado ao lado da sepultura de São Carlos Borromeu.
Por 36 anos Frederico deu um exemplo sem par de virtude, zelo e dignidade episcopal. Foi incansável na pregação doutrinária e na instrução tanto do clero como do povo. Foi um apóstolo da educação religiosa e tenaz reformador de todos os abusos tanto eclesiásticos como leigos.
Apesar dos conflitos sempre presentes na missão de um bispo, manteve constante sua paciência e calma. Assim defendeu a autoridade do seu bispado com todo vigor. Durante a grande fome e peste entre os anos de 1627 e 1628 demonstrou seu amor pelo povo de Milão ao alimentar diariamente 2000 pobres nos portões de sua residência e deu exemplo de heroísmo ao ver mais de cem de seus sacerdotes perderem a vida no atendimento das multidões de agonizantes.