Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2014

Edmundo Campeão - o santo Congregado de Oxford

Imagem
Alexandre Martins, cm.
Numa época onde tudo pode ser ou não ser, dependendo do ponto de vista de cada um, aonde os dogmas são caracterizados de amarras do desenvolvimento, pode parecer estranho para o leitor contemporâneo que existiu um tempo igual ao nosso, com os mesmos vis pensamentos e deturpadas vontades. um tempo onde ser bom era ser de acordo com o sistema estabelecido.
Pode até mesmo chocar o leitor que houve um homem que colocou-se firme perante tudo e todos, assim como firme fica uma coluna de mármore  colocada no meio das ondas do mar aberto.
Esse homem chamava-se Edmundo Champion (Campeão): catedrático, jesuíta, Congregado mariano, um autêntico patriota inglês, súdito de sua Rainha.
Infância e Juventude
Edmundo Campeão nasceu em Londres aos 25 de janeiro de 1540. Seu pai, também Edmundo, trabalhava como livreiro em Londres e, por causa disso, desde pequeno aprende o gosto pela leitura. Com a morte do seu pai, o grêmio dos comerciantes de Londres decide encarregar-se de sua edu…

Padres quarentões e Congregações quatrocentonas

Imagem
Alexandre Martins, cm.

Um grupo de Congregados marianos brasileiros colocou na Internet um anúncio que dizia: “Estamos à disposição dos senhores sacerdotes para a fundação de novas Congregações Marianas em paróquias, capelas, asilos, orfanatos, etc.” O simpático anúncio dava informações de contato do grupo de valentes “fundadores missionários” e outras informações. Os que leram alguma coisa sobre a História das Congregações Marianas, quando chegam ao capítulo sobre a “Onda Azul” se maravilham com a profusão de Congregações Marianas pelo Brasil nas décadas de 1920 e 1930 e então se perguntam: “por que nunca mais tal fenômeno aconteceu”? A época conturbada Com o passar dos anos após o Concílio Vaticano II, muitas comunidades católicas foram criadas - parte em obediência ao proposto1 e sugerido pela Constituição sobre o Apostolado dos Leigos, parte por uma insatisfação que surgiu no Ocidente após as manifestações na França em 1968. O mundo sempre foi injusto e os pobres e as minorias se…

Sede da Sabedoria

Imagem
Alexandre Martins, cm.
Antes da Anunciação, Maria já se havia consagrado inteiramente a Deus1. Ela é a oferta viva. Porém, ainda ignora com que plenitude deverá se realizar nela a palavra do Cântico dos Cânticos: "Eu pertenço ao meu bem-amado, seu desejo o traz a mim (Ct 7, 11)." Maria conhecia as Escrituras de cor e havia compreendido sua orientação de cada palavra antevendo o Cristo, o Enviado, em que o sopro ardente do Espírito apaga as misérias humanas. Nas Escrituras, Maria busca uma Presença, e encontra uma Pessoa. Nessa Pessoa, toda esperança humana está contida. 
Apenas ao ler o Profeta seu coração já pulsa: "Eis que a jovem concebeu e dará à luz um filho" (Is 7, 14). Ela jamais havia pensado que esta jovem poderia ser ela. Quando da aparição do Anjo ecoa a primeira Ave Maria, ela se perturba: o que significa esta mensagem? O que é esta mensagem?
Se o Anjo fala a verdade e se ele vem de Deus, é preciso que as suas palavras não atrapalhem o voto já feito ao mesm…